Haiyan

Amigos,

Na última semana o tufão Haiyan atingiu as Filipinas - e deixou um rastro de destruição e tragédia em sua passagem. Estima-se que até 2.500 pessoas tenham sido mortas.

As linhas de comunicação continuam caóticas, mas conseguimos entrar em contato com Zeph, nossa incrível coordenadora da 350 no Sudeste Asiático nas Filipinas. Isso é o que ela acaba de enviar por e-mail para a nossa equipe:

“Nosso trabalho é urgente. Acredito que precisamos ser duas vezes mais fortes do que o tufão Haiyan.”

Se precisamos ser duas vezes mais fortes, façamos duas coisas imediatamente:

1) Arrecadar dinheiro para ajuda humanitária imediata aos que estejam passando por necessidade.

Eles são nossos irmãos e irmãs neste movimento. Abaixo deste e-mail há algumas fotos de ações da 350 em várias ilhas ao longo dos anos. Esta tempestade é um golpe numa região que já está sofrendo com os efeitos das mudanças climáticas. A região metropolitana de Manila tem sofrido com frequentes enchentes causadas por tempestades mais fortes, e houve um surto grave de febre de dengue neste ano no país. 

Dentre as fotos abaixo você verá um grupo de ativistas voluntários da 350 em Tacloban, uma das cidades mais devastadas pelo Haiyan. Nós não sabemos o que aconteceu com os nossos amigos de lá, mas sabemos que eles precisam seriamente de ajuda urgente - por isso, por favor envie o que você puder por meio de organizações de ajuda humanitária imediatamente.

2) Faça estardalhaço.

Nossos governantes estão se reunindo em Varsóvia durante as próximas duas semanas para as negociações anuais das Nações Unidas sobre o clima. Esse ritual tem se arrastado por anos sem chegar a uma conclusão, em grande parte porque as grandes potências fizeram muito pouco. Em momentos como este, a falta de ação equivale a um deboche. Por isso nós criamos uma página onde você pode colocar seu nome em uma petição que a nossa equipe entregará aos negociadores na cúpula da ONU sobre o clima. Em resumo: precisamos fazer com que os líderes mundiais saibam que a inércia deles está destruindo o mundo, e que já passou da hora de ficarem apenas na conversa - precisamos de ação, e precisamos de ação agora.

Recentemente, durante a cúpula da ONU sobre o clima, o Sr. Yeb Sano, negociador-chefe das Filipinas, desafiou os demais negociadores a tomarem uma atitude ousada. Durante a sessão de abertura da cúpula, ele se comprometeu a jejuar durante as negociações até que os países cheguem a compromissos reais sobre o financiamento climático e redução de emissões.

Sano disse, “que a Polônia, que Varsóvia, sejam lembradas como o lugar onde nós realmente nos importamos em dar um fim a essa loucura. Será que a humanidade consegue estar à altura dessa situação? Eu ainda acredito que conseguimos.”

Eu também ainda acredito que conseguimos. Por favor, assine a petição e doe para a ajuda humanitária o que puder.

Muito obrigado,

Bill McKibben, e toda a equipe da 350.org  


Fotos de ações da 350 nas Filipinas: